Alergia Alimentar Canina

A alergia alimentar em cães é comum e muito fácil de ser tratada

Artigo publicado por Maria nas categorias: Animais, Variedades

O que é a Alergia Alimentar em Cães?

A alergia alimentar, também chamada de hipersensibilidade alimentar ou mesmo dermatite trofo-alérgica, acontece em 10% dos cães e gatos sendo assim considerada a terceira dermopatia de natureza alérgica que acontece de forma frequente entre cães e gatos. As patogenias deste quadro de alergia envolvem diversas reações de hipersensibilidade do tipo II, III e IV a diversos antígenos alimentares, que normalmente podem ser representados através de glicoproteínas. Não existe a possibilidade de transmissão da doença.

Como é Transmitida?

A doença não é transmitida pelos animais, porém é interessante se utilizar de um tratamento preventivo que é feito pelo diagnóstico de profissionais nas áreas que talvez poderão solicitar tratamentos de vacina, caso seja necessário ou mesmo indique para os donos dos animais as campanhas de vacinação contra este tipo de problema, o que não acontece.

Alergia Alimentar Canina

Sintomas

Como sinais clínicos da alergia canina, após o diagnóstico de profissionais, é possível perceber episódios de perda de pelo, falta de apetite, coceira pelo corpo e patas, frieiras, o que tranquilamente é possível visualizar em casos de intolerâncias alimentares.

Tratamento

Para realizar os tratamentos, é preciso ter alguns cuidados importantes, como por exemplo, utilizar anti alernógenos se existirem, realizando algumas profilaxias para evitar sintomas da doença, além disso é interessante observar o possível agente transmissor da doença para que possa ocorrer a prevenção da alergia alimentar em cães. Evitando assim problemas maiores ara os cachorros.

Prevenção

É muito mais interessante prevenir do que remediar, por isso procure levar seus cachorros a um especialista, para que possa evitar este tipo de problema, é possível realizar exames que possam diagnosticar problemas de intolerâncias alimentares para que se possa trabalhar em uma possível amenização do problema, já que para este tipo de patologia não existe uma cura ainda esclarecida. Recentemente foram desenvolvidas nos Estados Unidos vacinas anti alernógenas para casos de alergias alimentares em animais, assim como já existem para humanos, o que poderá amenizar o sofrimento de seu animalzinho.

Comente!




*Campos obrigatórios